quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Salvador: Homem que matou adolescente em faculdade é estudante e PM, diz polícia civil

O homem responsável por atirar e matar um adolescente dentro da Faculdade Área 1 , na Paralela, na manhã de ontem, foi identificado como o policial militar Jorge Figueiredo Miranda, 30 anos, segundo informou nesta quarta-feira (22) a Polícia Civil. Miranda deve ser ouvido na Corregedoria da Polícia Militar em data ainda a ser definida. Ele também é estudante da universidade.
Segundo a polícia, seis das câmeras analisadas têm imagens que ajudaram na investigação. Uma delas mostra Railan da Silva Santana, 17 anos, na entrada do estacionamento caminhando, aparentemente observando na movimentação. Depois, o PM passa para pegar a moto e Railan então entra pela porta principal acompanhado de outro rapaz. Railan segue para o estacionamento, mas o outro rapaz fica esperando. As câmeras não permitem ver com exatidão o que aconteceu a seguir - uma placa atrapalha a visibilidade. Segundo depoimento de testemunhas, Railan teria anunciado o assalto e o PM chegou a entregar as chaves da moto, mas Railan fez menção de que ia atirar e então foi baleado - ele foi atingido cinco vezes. Para a polícia, as imagens das câmeras de segurança corroboram essa versão.
O que as câmeras mostram então é Railan correndo, com o PM indo atrás. O suspeito de assalto foi se esconder em um dos banheiros da unidade. Um rastro de sangue mostra o caminho que ele fez. Ele foi encontrado, com uma arma ao lado, dentro deste banheiro, de onde foi socorrido para o Hospital Roberto Santos. Ele chegou sem vida na unidade médica. O rapaz que acompanhava Railan não foi identificado até o momento.
PM suspeito de atirar em Railan entrando na faculdade (Foto: Arisson Marinho)
A polícia ainda investiga, mas afirma que os indícios são de que a tentativa de roubo foi premeditada. A delegada Tamara Ladeia, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), não quis confirmar se o caso pode ser considerado legítima defesa e disse que ainda aguarda exames de balística para confirmar que os cinco tiros partiram da arma do PM. A Polícia Militar não informou em que unidade Jorge Miranda é lotado.

A família de Railan contesta a versão. O adolescente foi enterrado nesta tarde no Bosque da Paz, em meio a comoção. A mãe biológica e a tia que o criou desde os 2 anos estavam presentes. Os parentes e amigos dizem que Railan estudava, pensava em ter uma profissão para ajudar a mãe e mal saía do bairro de São Marcos, onde vivia. "Ele era um menino cem por cento do bem. Foi um choque terrível. O sonho dele foi ser alguém e ajudar a mãe foi apagado brutalmente", diz a tia Rita Souza da Silva, 44 anos.
A tia Anatildes Anunciação Santana disse que foi à faculdade depois de saber da morte de Railan e peritos disseram a ela que a cena no banheiro onde encontraram Railan estava "desarrumada". A delegada  Tamara disse que a polícia está investigando a denúncia de que uma mancha de sangue teria sido apagada no local. A perícia do local deve ficar pronta em 30 dias. 
Railan entrando na faculdade (Foto: Arisson Marinho)
A delegada disse que não há nada que confirme que a namorada do adolescente estava na faculdade. Railan era estudante do 1º ano do Colégio Estadual Manoel Novaes, no Canela. No momento do crime ele não estava com farda da unidade e levava um cartão da Caixa Econômica, a identidade, três chaves e o celular.
Os familiares garantem que Railan não tinha nenhum envolvimento com a criminalidade. “A educação dele não foi essa. Ele tinha tudo que precisasse. Era estudioso”, contou o tio Nilton Anunciação. A Delegacia do Adolescente Infrator (DAI) informou que não há registro de passagem de Railan pela unidade. Para a família, o crime se trata de execução, até pela quantidade de tiros disparados.
Até o momento, sete testemunhas foram ouvidos pela polícia.
Enterro de Railan reuniu amigos e familiares (Foto: Almiro Lopes)
 Fonte: Redação do Correio - * Com informações dos repórteres Gil Santos e Edvan Lessa

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Quatro homens morrem em troca de tiros com a polícia em Sussuarana

Quatro homens morreram após trocar tiros com a Polícia Militar na manhã desta quarta-feira (22), no bairro de Sussuarana, em Salvador. A situação aconteceu por volta das 7h30, na avenida Ulysses Guimarães, em frente ao centro espírita Casa do Caminho. Moradores da região relataram que o grupo foi perseguido pela polícia após tomarem um carro de assalto no local.
Moradores contam que grupo roubou um carro, e foi perseguido pela polícia militar
(Foto: Leitor/Whatsapp Correio24horas)
O carro roubado durante a ação é uma HB20 de cor branca. De acordo com um morador do bairro, que preferiu não se identificar, a avenida estava congestionada no momento do tiroteio. 
"Eles roubaram um carro lá em Nova Sussuarana, e a polícia estava fazendo ronda atrás deles. Quando encontraram e saíram atrás, o grupo tentou fugir, mas perdeu o controle do veículo e bateu em um poste"", disse o morador do bairro. "Os quatro já saíram atirando, e a polícia revidou. Quando cheguei perto do carro vi que três estavam mortos, e um quarto estava agonizando", relatou. 
(Foto: Leitor/Whatsapp Correio24horas)
As informações foram confirmadas pelo comandante da 48ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Sussuarana), José Luiz. "Eles tomaram o veículo de assalto no local, foram perseguidos por uma viatura e trocaram tiros com a polícia", disse o comandante para o Correio24horas. "Os quatro ficaram feridos, e foram socorridos para o Hospital Roberto Santos". 
A Polícia Civil também confirmou que pelo menos um dos envolvidos foi socorrido para o Hospital Roberto Santos. Ele já estava morto ao dar entrada na unidade. Os quatro homens ainda não foram identificados. Os corpos deles serão encaminhados ao Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Salvador.  
Fonte:Redação Correio da Bahia                                                                                                 

terça-feira, 21 de outubro de 2014

Bahia: Estado muda feriado do servidor e antecipa salário Outubro



O feriado do Dia do Servidor Público, comemorado em 28 de outubro, será transferido para 31 de outubro, conforme decreto publicado na edição de hoje (21) do Diário Oficial do Estado (D.O.E).

Em homenagem à data, os servidores terão seu salário antecipado para o dia 27. O pagamento dos cerca de 270 mil funcionários estaduais (ativos, aposentados e pensionistas) será feito em um único lote.

A programação de pagamento dos salários dos servidores estaduais retoma seu calendário original em novembro, sempre nos dois últimos dias úteis de cada mês. A operação mensal de processamento dos dados da folha é realizada por todas as unidades administrativas do Estado, sob a coordenação da Saeb - Secretaria da Administração.

Fonte:Portal do servidor

Concurso:Dataprev divulga Edital com 4.016 vagas para nível médio e superior


 A Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social (Dataprev) divulgou ontem edital e abriu inscrições para  concurso com 4.016 vagas nos níveis médio e superior. As oportunidades são todas para a formação de cadastro de reserva. As remunerações vão de R$ 3.129,73 a R$ 6.395,39.
Em Salvador, são 15 vagas. Do total das oportunidades no país, 10% são reservadas para pessoas com deficiência e 20% são para negros e pardos. As inscrições vão até o dia  17 de novembro pelo site www.quadrix.org.br   A taxa é de R$ 50 para nível médio e R$ 80 para superior.

Fonte:Correio

domingo, 19 de outubro de 2014

Concurso do BB vai voltar a cobrar conhecimento de Inglês

O Banco do Brasil vai voltar a cobrar o conhecimento de inglês em seus concursos. A disciplina deixou de ser cobrada em 2003 e vai aparecer já no próximo concurso do banco, cujo edital ainda não tem data definida de publicação. Na prova, será exigido um nível básico de conhecimentos sobre língua inglesa dos candidatos.
A mudança é mais uma entre os recentes ajustes no processo de seleção do banco. Em 2012, uma redação passou a ser incluída nos exames. Depois, novas disciplinas foram incorporados, como cultura organizacional e técnica de vendas.
Com a inclusão do inglês, a configuração da prova passar a sOs concursos do Banco do Brasil são sempre para formar o chamado cadastro de reserva. Nesta modalidade, não existe um  número pré-determinado de vagas e as contratações acontecem de acordo com a necessidade do banco. A validade de um concurso costuma ser de dois anos. Logo, quando um vence, outro certame é realizado para manter um banco de candidatos aprovados sempre à disposição.
er a seguinte. Uma prova de conhecimentos básicos, com língua portuguesa, matemática e raciocínio lógico; e uma prova de conhecimentos específicos, com questões sobre inglês, cultura organizacional, técnicas de vendas, atualidades do mercado financeiro, atendimento e informática.
Em 2015, o concurso do BB vence nos seguintes estados: Acre, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso o, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima, Santa Catarina e Sergipe. Logo, esses Estados são candidatos prováveis para receber um novo concurso público.

Fonte:Estadão


Pesquise

Carregando...